(Português do Brasil) Trabalho sobre o zoneamento bioclimático para a produção de leite no estado é publicado em revista científica

22/07/2020 14:09

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Caracterizar a condição térmica do ambiente para a bovinocultura leiteira no estado de Santa Catarina foi o objetivo do trabalho de conclusão de curso de Agronomia, da acadêmica Andressa Kemer, que executou seu projeto no ano de 2017. O projeto foi realizado sob a coordenação das professoras Carine Lisete Glienke, da Coordenadoria Especial de Biociências e Saúde Única, e Leosane Cristina Bosco, do Departamento Agricultura, Biodiversidade e Florestas do Centro de Ciências Rurais do Campus de Curitibanos.

A partir de dados do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), Andressa criou uma base sistematizada com informações de temperatura instantânea do ar (°C) e de temperatura de ponto de orvalho (°C), para o período de 2008 a 2016, considerando oito regiões de acordo com a classificação de zonas agroecológicas para o estado de Santa Catarina. Foram calculados o Índice de Temperatura e Umidade (ITU) para o período e a estimativa de Declínio da produção de Leite (DPL) para três níveis médios de produção, finalizando com a identificação da ocorrência de períodos críticos para a produção leiteira no estado. Os dados de ITU foram usados para a construção de mapas com o zoneamento bioclimático para a produção de leite no estado de Santa Catarina. Os resultados finais do estudo foram publicados na revista científica Brazilian Journal of Development, na edição do mês de maio/2020. O estudo pode ser acessado no endereço <https://www.brazilianjournals.com/index.php/BRJD/article/view/10400/8692>. Mais informações sobre o projeto podem ser acessadas na página do Grupo de Estudos em Produção Animal e Saúde – Gepros/UFSC (<https://gepros.paginas.ufsc.br>).